CEBB discute retorno ao trabalho presencial

Publicado por:Rogerio Novaes

Funcionários foram comunicados nesta quarta-feira (18)

A Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB) se reuniu ontem (17), com o Banco para discutir o retorno presencial do trabalhador. A pauta se deu em razão do encerramento da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin) causada pela Covid-19. Com a decisão, funcionários afastados em função da pandemia, integrantes dos grupos de risco e grávidas, retornarão ao trabalho presencial no Banco do Brasil a partir do dia 23 deste mês de maio.

A portaria do Ministério da Saúde que prevê o encerramento da Espin foi editada no dia 22 de abril e estabeleceu prazo de 30 dias para adequação.

Os funcionários do banco recebem o comunicado sobre o retorno nesta quarta-feira (18).

Gestão de Desempenho Profissional (GDP)

A Gestão de Desempenho Profissional (GDP) também foi pauta do encontro. As decisões suspendem o compromisso de não descomissionar. “É importante ressaltar que o uso das três últimas GDPs para avaliar e descomissionar é absolutamente injusto durante uma pandemia. Agora, o mínimo a fazer pelo banco é começar as avaliações a partir do ‘fim’ da pandemia determinada pela Espin”, declara a diretora do Sindicato e integrante da CEBB, Elisa Ferreira.

Banco de Horas

Em reunião, os sindicatos reivindicaram, ainda, a abertura de negociação para o pagamento e compensação de horas negativas, aumentada significativamente em decorrência da duração da pandemia. A questão será debatida nesta quinta-feira (19) junto com a pauta de descomissionamento por GDP.

Relacionados

Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (61)
PLR: Alguns bancos já anunciaram data de pagamento
STF
STF veta demissão imotivada de empregados públicos
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (54)
Três chapas concorrem às Eleições Cassi 2024
ASSÉDIO232
Portal da CUT publica guia para prevenção de assédio moral
Novo Estatuto_Insta
Assembleia Geral para Adequação Estatutária