Portal da CUT publica guia para prevenção de assédio moral

Publicado por:Rogerio Novaes
Reportagem explica em detalhes o que é, as principais vítimas, o perfil do assediador e como o trabalhador e a trabalhadora devem se proteger dessa forma de opressão

O portal da Central Única dos Trabalhadores (CUT) publicou, nesta quinta-feira (1º), uma detalhada matéria sobre assédio moral no trabalho. No formato de guia, o texto explica o que é e como essa agressão ocorre, além de orientar o trabalhador e a trabalhadora a se protegerem dela.

Segundo definição oficial da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o assédio moral “é o conjunto de comportamentos e práticas inaceitáveis, ou de suas ameaças, de ocorrência única ou repetida, que visem, causem ou sejam suscetíveis de causar danos físico, psicológico, sexual ou econômico, e inclui a violência e o assédio com base no gênero”.

Matéria da CUT orienta trabalhador e trabalhadora a se proteger do assédio moral no ambiente de trabalho conforme explica o guia da CUT, quando ocorre, trata-se de “um problema grave, que adoece milhares de trabalhadores, cotidianamente, e se apresenta como uma forma cruel de exploração de poder, baseada, em especial, em questões sociais, econômicas e de gênero”.

A matéria aborda todos os aspectos do assédio, desde os elementos que o caracterizam e as formas em que se apresenta, até o que o trabalhador e a trabalhadora devem fazer quando forem vítimas dele. O guia também elenca os tipos de assédio moral, como quando relacionado a formas de discriminação por gênero, cor ou raça, orientação sexual, deficiência, idade e ideologia.

Para o secretário de Saúde do Trabalhador da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Mauro Salles, “o guia sobre assédio do portal da CUT é fundamental para que o trabalhador e a trabalhadora de qualquer categoria se protejam, e por isso é importante para toda a sociedade”.

No caso da categoria bancária, “o conhecimento das informações publicadas tem particular importância, porque o sistema financeiro é um ambiente em que o assédio moral é bastante presente, e precisamos combatê-lo veementemente”, afirma o secretário. “Neste ano de campanha nacional dos bancários, o tema voltará à mesa de negociações, então todos temos que estar conscientes desse sério problema que nos afeta”, conclui Mauro.

Leia a matéria no portal da CUT.

Relacionados

Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (64)
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (63)
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (62)
Mas afinal, o que aconteceu com a PLR do Bradesco?
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (61)
PLR: Alguns bancos já anunciaram data de pagamento
STF
STF veta demissão imotivada de empregados públicos