GT reforça cobrança de melhorias nas condições de trabalho para caixas, tesoureiros e avaliadores de penhor

Publicado por:Rogerio Novaes

Banco acata proposta de fórum para acompanhar processos de aquisição e teste de mobiliários e sistemas

Os problemas enfrentados por avaliadores de penhor, caixas e tesoureiros nas unidades da Caixa foram retomados nesta quinta (20) no GT Caixas, Tesoureiros e Avaliadores de Penhor. O grupo de trabalho é uma conquista da Campanha Nacional 2022.

Houve alguns avanços na reunião para questões que dificultam o dia a dia desses trabalhadores. O banco está com outra postura em relação as reivindicações dos trabalhadores, que buscam assegurar nesse fórum medidas efetivas para melhoria das condições de trabalho. Há diversas questões a serem resolvidas, sendo a principal o fim da função minuto.

Na reunião, os representantes da Caixa anunciaram que está prevista para 2023 a adequação de mobiliários em 400 unidades do banco. Como fruto dos apontamentos feitos na reunião anterior, a Caixa fará um piloto em 10 unidades em diferentes regiões do país, que já foram reformadas, para ajuste na gaveta dos caixas e, caso seja aprovado, será feita a compra para reparação desse mobiliário.

Os representantes dos trabalhadores destacaram a importância dos equipamentos, mobiliários e sistemas, serem testados antes da aquisição por quem efetivamente usa.

Segundo relatos dos trabalhadores, as últimas aquisições de mobiliários não atenderam as necessidades de ergonomia, gerando maior adoecimento entre os trabalhadores. Foi sugerida a criação do fórum de usuários para evoluir na melhoria dos processos. Proposta foi acatada pela Caixa.

Os membros do GT, que representam os empregados, pediram a listagem das unidades a serem reformadas para que as entidades sindicais possam acompanhar as mudanças.

Um avanço importante, anunciado no GT, foi o acesso aos sites de domínio Caixa nas estações financeiras. Isso será possível com a implantação da nova versão do Sisag, que começará na segunda quinzena de maio e deve ser concluída em junho. Os trabalhadores defendem a ampliação do acesso a outras ferramentas (caixamail e teams, por exemplo) e sites com extensão “gov.br” para facilitar a validação de documentos.

A próxima reunião do GT, ficou agendada para 18 de maio, um dos pontos a serem debatidos é a TI.

 

Relacionados

Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (71)
R$ 11,7 bi ou R$ 10,6 bi: qual, afinal, foi o lucro da Cai...
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (61)
PLR: Alguns bancos já anunciaram data de pagamento
STF
STF veta demissão imotivada de empregados públicos
ASSÉDIO232
Portal da CUT publica guia para prevenção de assédio moral
a notícia_Caixa
Caixa divulga edital para eleição do CA