Sindicato paralisa agências do Itaú em protesto contra demissões

Publicado por:Rogerio Novaes

O Sindicato dos Bancários de Ribeirão Preto e Região paralisou as agências do Itaú na cidade em protesto contra as reestruturações que estão sendo promovidas pelo banco e que resultarão em demissões.

A atividade realizada nesta quinta-feira 14 também foi motivada contra as dispensas que já vinham sendo executadas pelo banco; contra o fechamento de agências – foram encerradas 211 unidades entre janeiro e maio de 2022 – e para denunciar os adoecimentos causados pelas metas cada vez mais abusivas e pela sobrecarga de trabalho decorrente das demissões e da intensa cobrança por resultados.

“Fechamos parcialmente agências do Itaú até o meio-dia para denunciar à população este cenário catastrófico que está causando sofrimento aos trabalhadores, e para tentar estimular uma negociação com a direção do banco a fim de encontrar um caminho que preserve os empregos e a saúde dos trabalhadores”, afirma Ronaldo Silvino, presidente dos bancários de Ribeirão Preto e região.

No dia 4 de julho o banco anunciou a automação da Diretoria de Operações Centralizadas e da Diretoria de Negócios ItauCred Veículos, que tem gerado muitas demissões. O banco deu o prazo de apenas 15 dias para a área de consignado e 60 dias para área de veículos realizarem a realocação dos funcionários, período em que o bancário terá que se candidatar a uma vaga e passar por processo seletivo interno, para só depois ter o retorno se foi aprovado ou não. Isso se houver vagas disponíveis. “Essa medida claramente desumana vai gerar mais dispensas que já vinham sendo executadas pelo banco. Além disso, foram encerradas 211 unidades do banco, entre janeiro e maio de 2022. Com a atitude tomada neste momento, o banco desrespeita o processo negocial da mesa da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos). Exigimos que o Itaú suspenda as demissões e volte a negociar junto a Contraf-CUT e COE Itaú”, afirmou Jair Alves, da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do banco.

“O Itaú é o banco que mais lucrou no primeiro trimestre de 2022. Foram R$ 7,3 bilhões nos três primeiros meses do ano, uma alta de 15,1% em relação ao mesmo período de 2021. Mesmo com estes lucros astronômicos e consecutivos, com ou sem crise econômica ou sanitária, o banco continua demitindo e fechando postos de trabalho. Não podemos e não vamos admitir isso”, completou o coordenador.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Relacionados

Blue Modern Business Agency Flyer (Post para Instagram) (3)
Campanha Nacional: Segurança bancária é cobrada durante...
Um Dia pra chamar de seu (3)
Avançam negociações sobre teletrabalho
Mudança de Estatuto
Vote na assembleia para alteração do estatuto do Sindicato
Post
Sindicato paralisa agências do Itaú em protesto contra ...
Post para instagram fevereiro roxo e laranja (3)
Campanha Nacional: bancárias pretas recebem 59% da médi...