CONFISCADA EM 2019, MARGEM CONSIGNÁVEL SERÁ RESTABELECIDA PELA FUNCEF NA PRÓXIMA SEMANA

Publicado por:Rogerio Novaes

Medida era reivindicação dos participantes, Fenae e Sindicatos. Convênio com o INSS deve ser assinado em seguida, provavelmente na segunda semana de março

Depois de anos de espera e de constante cobrança da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae), dos Sindicatos e dos participantes, a margem consignável do CredPlan será restabelecida a partir do dia 1º de março. Foi o que informou a Fundação dos Economiários Federais (Funcef), em publicação de sexta-feira (25). O assunto também foi tratado em posterior reunião da Fenae com o presidente da Fundação, Gilson Santana.

“Ficamos felizes com a notícia, afinal, a margem acaba sendo considerada parte da receita para muitos participantes, e eles estão muito angustiados com essa situação”, disse o diretor de Formação da Fenae, Jair Pedro Ferreira.

A assinatura do convênio com o INSS também deve ocorrer nos próximos dias. “É uma boa notícia. Realmente não fazia mais sentido condicionar o restabelecimento da margem à assinatura do convênio como a Funcef estava fazendo, principalmente porque o processo de renovação está em fase de conclusão. Enfim, é uma notícia já muito aguardada pelos participantes”, ressaltou a diretora de Saúde e Previdência da Fenae, Fabiana Matheus.

Declaração do Imposto de Renda – A Fenae solicitou uma reunião com a área jurídica da Funcef para alinhar as declarações do Imposto de Renda, que são impactadas pelas ações tributárias com antecipação de tutela. A Funcef já disponibilizou os comprovantes de rendimento no autoatendimento.

Incorporação do REB ao Novo Plano – o presidente da Funcef informou que a incorporação continua avançando nas áreas internas da Fundação. A Fenae pontuou algumas dúvidas e solicitou uma reunião para buscar esclarecimentos sobre a metodologia aplicada. A reunião deve acontecer na semana seguinte após o carnaval.

Resultados de 2021 – A Funcef deve fechar o balanço de 2021 na primeira quinzena de março. O presidente informou que o consolidado pode apresentar deficit na ordem de R$ 2 bilhões, mas descartou um novo equacionamento.

Fonte: Fenae

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Relacionados

NEGOCIAÇÃO ARTES (7)
Foi alterado o Tema da próxima mesa com Fenaban para Ig...
Assédio Moral
Sindicatos convocam Dia Nacional de Luta contra o asséd...
DaniellaMarques
A SUCESSORA
NEGOCIAÇÃO ARTES (5)
Sindicato pede afastamento de Pedro Guimarães
CARDS-FEEB-11
Bancários querem mais contratações, fim das demissões e...