Sindicato paralisa agência do Santander contra ampliação no horário de atendimento

Publicado por:Rogerio Novaes

O Sindicato dos Bancários de Ribeirão Preto e região retardou por duas horas a abertura da agência central da cidade.

O protesto realizado nesta terça-feira (29) foi motivado para cobrar a direção do banco, que tem ferido gravemente o acordo com a categoria ao tomar medidas, de forma unilateral, que afetam seus trabalhadores sem qualquer negociação com o movimento sindical, sem sequer comunicar tais decisões, resultando no enfraquecimento das relações entre empregado e empregador.

O sinal vermelho também está ligado para as condições de trabalho a qual o banco tem submetido seus funcionários. Os trabalhadores têm sido colocados à prova todos os dias ao serem surpreendidos com determinações do banco, como a ampliação de horários de atendimento e a imposição do cumprimento de metas absurdas, que sufocam e sobrecarregam o trabalhador.

Na tentativa de convencer o banco a mudar seu comportamento nocivo e de levar tais atitudes a um patamar nacional, o sindicato se junta à Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul e às demais representações sindicais, para mais um ato em prol da democracia, da vida e dos diretos do trabalhador.

“Queremos que o Santander respeite nosso acordo sindical e volte a negociar conjuntamente suas decisões! Nossa luta é pelo fim da ampliação no horário de atendimento – disso não abrimos mão – por mais contratação, que o banco passe a exigir metas possíveis de serem alcançadas e por empatia para com o seu trabalhador, que está sobrecarregado além dos seus limites!” enfatiza, Ronaldo Silvino, presidente dos Bancários de Ribeirão Preto.

Ampliação do horário de atendimento escancara falta de bancários no Santander, e Sindicato cobra contratações

No terceiro trimestre de 2016, o Santander tinha 34 milhões de clientes, número que saltou para 51,8 milhões no terceiro trimestre de 2021. Um aumento de 52,4%. O número de trabalhadores, por sua vez, aumentou apenas 2,5% no mesmo período, passando de 48.024 para 49.246. O banco espanhol também fechou 226 agências no país entre o terceiro trimestre de 2016 e o terceiro trimestre de 2021, passando de 2.255 para 2.029, uma queda de 10% do total. Os dados são das Demonstrações Financeiras do Banco Santander.

Mesmo diante deste cenário de fechamento de agências e aumento exponencial do número de clientes, o Santander estendeu o horário de atendimento das agências, medida tomada de forma unilateral e sem nenhum diálogo com a representação dos trabalhadores, e que evidenciou ainda mais a falta de funcionários e os problemas decorrentes.

Procure o Sindicato – Sigilo Absoluto

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários. Como as informações estão sendo atualizadas constantemente, deixamos aqui nossos canais de comunicação. Fale com a Gente!!!

Telefone: 16 2111.7070 – das 08h às 17h

WhatsApp: 16 99635.2121

E-mail: juridico@bancariosribeiraopreto.com.br

Twitter/Instagram: @bancariosrp

Galeria das fotos do protesto:

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Relacionados

NEGOCIAÇÃO ARTES (7)
Foi alterado o Tema da próxima mesa com Fenaban para Ig...
Assédio Moral
Sindicatos convocam Dia Nacional de Luta contra o asséd...
CARDS-FEEB-11
Bancários querem mais contratações, fim das demissões e...
NEGOCIAÇÃO ARTES (4)
Levantamento aponta redução de postos de trabalho bancário
NEGOCIAÇÃO ARTES (2)
Trabalho bancário nos fins de semana será tema de audiê...