Agência do Itaú é fechada por falta de condições de trabalho

Publicado por:Rogerio Novaes

Sindicato cobra do Itaú solução para agência sem ar-condicionado no centro da cidade. O problema no sistema de ar-condicionado nesta agência se arrasta por meses. 

A entidade decidiu fechar, temporariamente, a agência como forma de pressionar a direção do banco a melhorar as condições de trabalho. O sindicato identificou um problema recorrente no sistema de ar-condicionado da agência central de Ribeirão Preto, onde, os trabalhadores acabam tendo que enfrentar sérios problemas como desconforto e mal-estar relacionados às condições térmicas do local.

Mesmo as inúmeras denúncias, aparentemente, não foram capazes de sensibilizar os representantes do Itaú, pois na manhã desta terça-feira (12/12), o Sindicato se viu obrigado a interditar a agência pelas mesmas razões: é humanamente impossível trabalhar em um ambiente fechado e sem ar-condicionado. É o que detalha o Presidente do Sindicato, Ronaldo Silvino.

“O problema no sistema de ar-condicionado desta agência se arrasta por meses. Há muito tempo, o gestor da unidade vem abrindo inúmeras ordens de serviço, segundo ele, a agência funciona em um prédio alugado, onde o sistema central do ar-condicionado está instalado no primeiro andar, sem acesso do pessoal da agência, ficando sob a responsabilidade da empresa proprietária do prédio, que sempre afirma que vai resolver o problema e nunca resolve. Porém, isso é um problema burocrático e de responsabilidade entre o banco e a empresa locadora, os funcionários e clientes nada tem a ver com o embrolho, por isso a ação do Sindicato, fechando a agência para que os funcionários não sejam obrigados a tralharem em local insalubre e sem condições,” explicou Ricardo Bitar que Diretor do BancáriosRP e funcionário do Itaú, que fechou a agência juntamente com os demais dirigentes da entidade.

A entidade decidiu fechar, temporariamente, a agência como forma de pressionar a direção do banco a melhorar as condições de trabalho. O sindicato identificou um problema recorrente com os aparelhos de ar condicionado da agência, e assim, os trabalhadores acabam tendo que enfrentar sérios problemas como desconforto e mal-estar relacionados às condições térmicas do local.

Devido à impossibilidade de trabalho, a agência permanecerá fechada até que sejam feitos todos os reparos necessários no sistema de refrigeração do prédio.

O Brasil vem registrando nas últimas semanas, uma onda de calor extremo, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Entre os impactos à saúde do trabalhador, esta situação pode desencadear irritabilidade inexplicável, confusão mental, câimbras, febre, vômitos, desmaios, convulsões, tontura, taquicardia, cansaço severo repentino.

“Por isto é importante que os bancários e bancárias denunciem ao Sindicato se estiverem trabalhando sem ar-condicionado, pois iremos entrar em contato com as áreas competentes dos bancos a fim de cobrar uma solução, garantindo o sigilo do denunciante”, orienta Silvino.

 

Relacionados

Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design - 2024-06-17T113455.472
Comando Nacional dos Bancários entregará minuta de reivind...
Card_17_06
Itaú atende à cobrança da COE e reforça diversidade
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design - 2024-06-14T131157.753
Bancários aprovam minuta de reivindicações para Campanha N...
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design - 2024-06-11T162220.075
Campanha Salarial dos Bancários 2024: Assembleia Geral Ext...
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design - 2024-06-10T163826.375
Itaú: Edital de Assembleia Geral Extraordinária