PLR: Entenda as mudanças no Imposto de Renda

Publicado por:Rogerio Novaes

Em maio deste ano, o Governo Federal reajustou a tabela do Imposto de Renda sobre a PLR de 2023. Desde 2015 a tabela não sofria alteração. O reajuste de 10,93%, realizado na faixa de isenção da tabela, que passou dos R$ 6.677,55 para R$ 7.407,11, ampliando a faixa de isenção da PLR.

O movimento sindical avalia positivamente a alteração, sendo uma medida importante por parte do governo. “A medida favorece significativamente os trabalhadores, contribuindo com o aumento da renda proporcionada por meio do ganho líquido adquirido com o reajuste no valor da PLR”, explica o secretário geral da Feeb SP/MS, Reginaldo Breda.

De acordo com a nova tabela IR PLR 2023, portanto, quem receber até R$ 7.407,11, a partir de maio, estará isento de pagar imposto de renda. A partir deste valor, as alíquotas são 7,5%, 15%, 22,5% e 27,5%, com as respectivas deduções. (Vide tabela).

Lembrando que a PLR dos bancários possui tributação exclusiva, ou seja, é diferente da tributação do salário. A principal característica dessa forma de tributação é que o imposto é retido diretamente na fonte, no momento do pagamento, sem necessidade de posterior declaração ou recolhimento pelo contribuinte, não compondo, portanto, a base de cálculo da Declaração de Ajuste Anual.

Fonte: SPBancários com edição BancáriosRP

Relacionados

Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (64)
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (63)
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (62)
Mas afinal, o que aconteceu com a PLR do Bradesco?
Instagram Post Photo Collage Minimalist Neutral Moodboard Grid Design (61)
PLR: Alguns bancos já anunciaram data de pagamento
STF
STF veta demissão imotivada de empregados públicos